Uma aula de Santo Agostinho

Confesso ser tendencioso quando o assunto é Santo Agostinho. Estudei em um colégio da Ordem Agostiniana Recoleta por nove anos, sou tocado até hoje pelo que li em suas “Confissões” e me inspirei no título de um de seus livros para dar nome a este blog (De Libero Arbitrio).

Assim sendo, foi difícil resistir a tentação de assistir ao filme Agostinho – O Declínio do Império Romano (Sant’Agostino, 2010) quando o descobri. Produzido em inglês por Christian Duguay e lançado na Itália em 31 de janeiro de 2010, o filme se inicia nos últimos dias da vida de Santo Agostinho e retrata, por meio de lembranças, momentos como sua ascensão política em Roma, sua conversão e, no retorno a Hippo, o debate com os Donatistas.

Para os que tiverem a oportunidade de assistir, recomendo esta aula sobre fé, política, oratória e história do Império Romano.

Segue o trailer em inglês:

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Um nome repetido e quinze minutos de diversão

Não costumo fazer isto, até por ter um Blog com temática diferente, mas uma situação me chamou tanto a atenção que resolvi transformá-la em uma postagem.

Nesta manhã de segunda-feira fui adicionado em meu MSN por um e-mail corporativo referente a reparos eletrônicos. Vou chamá-lo de forma fictícia de José S/A a fim de preservar seu anonimato.

Percebam ainda que, na conversa relatada logo abaixo, não corrigi erros gramaticais para que vocês, leitores, tenham o mesmo sentimento que eu tive.

Entendo que, pelo conteúdo copiado, não precisarei tecer quaisquer explicações sobre a causa que me fez fazer esta postagem.

Divirtam-se!

José S/A says
ola sr joao
boa tarde

João Victor Guedes says
boa tarde! tudo bem?

José S/A says
tudo
achei voce no mercado livre
tem algum problema agente conversa ´por aquii/

João Victor Guedes says
mercado livre?

José S/A says
voce nao tem placas de eco par a vendas?
voce trabalha com vendas de componentes eletronicos para px e outros radios transmissores?

João Victor Guedes says
não…

José S/A says
presciso de uma lista de componentes

João Victor Guedes says
você pegou o email errado, meu caro

José S/A says
entao joao vito guedes nao e voce?

João Victor Guedes says
meu nome é joão victor guedes, mas acredito que existam outros no mundo rs

José S/A says
sobre nome igual?
voce e radio amador?

João Victor Guedes says
não
você não quer me convencer de que sou uma pessoa que não sou, né? rs

José S/A says
pera i vou envia link do mercado livre
http://produto.mercadolivre.com.br/(…)
nome desse cra i que esta vendendo o matterial e joao victo guedes
eugravei por que conheço um joao vitor ma e canuso aqui na cidade
po manu
to prescisando da cam de eco
nao ta dando certo

João Victor Guedes says
eu acredito, meu caro. mas nome não é CPF. as vezes se repetem…

José S/A says
seu emaill peguei em um blog com eesse nome
mas nao e de ser na da

João Victor Guedes says
sim, tenho um blog com meu nome. mas não moro em andradina (como o mercado livre informa), nem mexo com rádio…

José S/A says
pe na tabua e bola pra frente
entao fica liga daqui a pouco aparece contas para voce pagar
ai pra cinma tem muito dessas coisas
awe
tenha uma boa tarde
boim trabalho
ate breve
vo da uma investigada
sem mais
atenciosamente
José S/A
desculpe a pergunta
pelo kque li no blog voce e militante do pt?

João Victor Guedes says
quase. do Democratas.

José S/A says
e to fora
tenha boa sorte

João Victor Guedes says
obrigado.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 1.0/10 (1 vote cast)

Paulo Francis, o jornalista que pensava

Em breve nos cinemas, “Caro Francis” é o documentário do diretor Nelson Hoineff que narra a polêmica história de vida do homem que mudou o jornalismo brasileiro.

“Gosto que me leiam e saibam o que acho das coisas. É uma forma de existir. Trabalho é a melhor maneira de escapar da realidade”. Paulo Francis (1930 – 1997).

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

A Onda, Minha Luta e o perigo fascista

Tudo começou com uma simples pergunta: “Será que a Alemanha de hoje estaria a mercê de uma nova ditadura”?

É neste cenário que se desenvolve o enredo do filme “A Onda” (Die Welle, 2008), baseado em fatos reais, onde um professor anarquista acaba por gerar um grupo fascista fora de controle a partir de uma estranha experiência pedagógica em seu colégio.

O trabalho do diretor alemão Dennis Gansel é tão fantástico que no filme é possível ver claramente todos os aspectos, políticos e psicológicos, que moldaram a construção do nazismo e fizeram com que, a partir da mente de Hitler, tomasse o corpo do regime que dominou a Alemanha por quase três décadas.

Isso fica ainda mais claro para os que leram “Minha Luta” (Mein Kampf, 1925), autobiografia de Adolf Hitler, onde o lobo é literalmente colocado em pele de cordeiro para descrever o projeto doentio nazista de forma tão atraente para atingir todos aqueles que vieram a se tornar seus seguidores.

A história dos dois se mistura e mostra que o terror pode muito bem se esconder em discursos progressistas e pacíficos. Mostra perfeitamente que nenhum país, por mais avançado que seja, está livre de uma nova ditadura.

Mostra que o sectarismo cria radicalismo e que a guerra interna, seja de classes, raças ou do que for, é a pior escolha para todos os lados.

Paradoxo Internacional: Quem é o Brasil?: O Professor Sérgio Júnior aceitou a proposta e expandiu, a partir de seu blog, ainda mais o debate sobre o post aqui iniciado. Acompanhe o debate que em breve teremos novidades por aqui!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Que venha 2010!

O ano de 2009 se foi e levou consigo uma série de fatos, bons e ruins, que com toda a certeza alterarão o rumo da história.

Foi neste ano, encerrado há pouco, que vimos o COP15 acontecer e não render muita coisa, que ouvimos – tristes ou felizes – o discurso de Aécio Neves cedendo a candidatura à presidência para o Serra, que lutamos pelo #DEMsemARRUDA, que vimos a palestra do Marcelo Tas – o professor Tibúrcio – no maior encontro nacional de jovens liberais já visto no Brasil… E por aí vai.

Cada um terá suas lembranças. Pessoais, profissionais, públicas, privadas… De todos os tipos, gostos e preferências.

Eu terei as minhas e serão muitas. Sempre intensas, independente de sua qualidade. E é isso que importa: ter vivido cada segundo de 2009 com toda a vontade, gana e disposição de fazer dele o melhor dos anos.

Agora 2010 entra da mesma forma: com a certeza de que toda esta motivação continuará e que renderá, de certo, a realização – ou aproximação – de diversos sonhos.

Estaremos juntos, galera! Em 2010 e nos anos que virão pela frente.

Vamos a luta que o futuro já é presente. Vamos a luta porque ela é nossa! Só nossa!

Obrigado por 2009!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

O perigo desavisado das chuvas

[Modo Irônico Ativado]

Hoje resolvi fugir um pouco da temática geral deste blog para expressar um sentimento de extrema insatisfação frequentemente motivada em períodos de chuvas.

Trata-se do uso irresponsável dos desastrados, como eu, de guarda-chuvas em cidades de pequeno e médio porte que, diferente das grandes metrópoles, tem em sua maioria calçadas de passeio de pouca largura.

Afirmo isso em primeiro lugar pelo incomodo que causam obrigando aos outros, pedestres desprotegidos, que desviem enquanto os portadores destas armas permanecem, em sua maioria, andando em linha reta como se não estivessem de posse daquele instrumento enorme e potencialmente assassino.

Em segundo lugar, e principal motivador da minha revolta, os considero de alta periculosidade! Assassinos, praticamente!

Digo isso dado a quantidade de varetas de metal que ficam expostas ao término do tecido impermeável, apontando exatamente na direção dos olhos dos demais pedrestes que, diferente do que deve pensar a maioria dos portadores de guarda-chuva, também tem seu direito de andar despreocupadamente pelas calçadas!

Termino este triste e irônico manifesto pedindo para que vocês, leitores ativos deste blog, façam a sua parte: andem atentos com seus guarda-chuvas ou me ajude a inventar um novo modelo menos agressivo do que os atuais!

Conto com vocês! Isso não pode continuar assim!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Abertura

Sejam bem vindos, amigos!

Inicio o Blog ‘UAI, Jovem…” no sentido de compartilhar com vocês algumas idéias que envolverão uma série de temas dentro do assunto que somos nós: os jovens mineiros!

Falarei de projetos governamentais de sucesso – ou nem tanto -, de novas pesquisas acadêmicas, de idéias para o futuro – ou presente -, de bares, restaurantes e bons lugares para passar os finais de semana, além de utilizar este espaço para meu foco principal: ouvir o que você pensa!

É esta a minha intenção! Construir este espaço, de Minas Gerais, contigo!

Conto com a sua visita constante!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)