O caso da maconha e a proibição dos idiotas

O jornal O Globo apresentou matéria sobre a proposta de legalização da maconha que irá a plebiscito na California após ter um pedido realizado por um abaixo-assinado com quase 700 mil signatários.

Ainda O Globo, por meio de seu novo site de opiniões, o Dois Gritando, lançou o debate sobre o assunto. Segue meu posicionamento lá descrito em breves palavras:

João Victor, 27/03/2010 22:11
Acho interessante esse assunto sobre a legalização ou proibição das drogas. Acho que nada seria mais justo do que utilizar apenas um peso e uma medida para esta ação, como por exemplo para a manutenção da proibição. Para tal, sugiro que o cigarro seja considerado ilegal por que faz mal a saúde. Não só o cigarro mas qualquer bebida alcoolica já que, além do mal, pode entorpecer as pessoas. Podemos proibir também o uso de veículos automotores que causam, com seus escapamento, uma poluição muito danosa para nosso organismo – fator que poderíamos começar a proibir em locais fechados, como o cigarro, impedindo a existência de garagens indoors. Podemos proibir, também, frituras por seu alto teor de colesterol. Proibir o sexo, talvez, que pode causar HIV e filhos indesejados. Mas, por fim, não esqueçamos do principal: devemos proibir que idiotas tenham o direito de proibir. São perigosíssimos.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)
O caso da maconha e a proibição dos idiotas, 10.0 out of 10 based on 2 ratings