Uma ‘homenagem’ nada positiva ao deputado @ReginaldoLopes

Conheci de perto a história do deputado federal Reginaldo Lopes. Passei pelo curso de Ciências Econômicas da UFSJ onde ele se graduou alguns poucos anos antes de minha entrada na universidade.

Fui diretor do Centro Acadêmico onde ele começou sua vida política. Fui diretor do Diretório Central de Estudantes onde ele fez fama na faculdade e em São João del-Rei.

Em 2008, compus mesa de debates com o deputado, já presidente do PT-MG, e troquei ideias sobre os avanços de nossa universidade e da economia de nosso estado. Apesar do partido, respeitava o ex-militante estudantil Reginaldo.

Durante estas eleições, infelizmente, o respeito caiu. Vi o ex-militante fazer uma campanha suja que culminou em sua prisão por boca de urna no dia 3 de outubro.

No segundo turno, suas passagens no Twitter continuaram sujas e infelizes. A campanha por Dilma ganhou tom de desespero e as mensagens virtuais do deputado Lopes não representavam em nada o ex-militante Reginaldo. Hoje a máscara caiu de vez.

A partir de agora, paro de comentar e apenas deixo as mensagens que trocamos para que cada um faça sua própria avaliação:

@VictorGuedes: Olha o presidente do PT-MG twittando… Vai ser preso no segundo turno também, @ReginaldoLopes? Ou a lição do primeiro já foi suficiente?

@ReginaldoLopes: para o bem do Brasil, qtas vezes for necessário!!!

@VictorGuedes: Vai transgredir a lei quantas vezes for preciso, deputado?

@VictorGuedes: O exemplo do PT é esse: Lula, um presidente que não lê; Dilma, uma candidata vira folha; e @ReginaldoLopes, um deputado transgressor.

@ReginaldoLopes: vc é igual o serra é do DEM, é melhor ficar calado!!!

@VictorGuedes: Nem se o teu partideco implantar a censura, meu caro.

@VictorGuedes: Te cuida, @ReginaldoLopes! Vamos eleger #Serra45 presidente do Brasil e vocês, sem a maquina estatal, começarão a ser desmascarados um a um.

@ReginaldoLopes: vcs são mentirosos e hipócritas, não tem compromisso com a verdade!!! A minha história é verdadeira!!! Serramilcaras nunca!!!

@VictorGuedes: Mil caras é quem vira cristão do dia pra noite, @ReginaldoLopes. Mil caras é quem diz defender a lei sendo preso por transgredí-la.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Um bocão nada Royal… Vote #Serra45!

O excesso de fatos na campanha presidencial é alarmante. Os debates, não se pode negar, são acalorados desde sempre. Mas o cenário atual chega a ultrapassar a barreira do exagero.

O Governo Lula, na sua constante ‘inocência’ penosa, nega tudo. Joga a culpa na oposição por criar factóide atrás de factóide.

Com o número absurdo de crises quase que diárias, é possível acreditar nessa tese. Mas será que é só isso?

O antigo mensalão, a quebra dos sigilos bancários, o mensalão, a Erenice, a legalização do aborto, a coordenação da campanha entregue ao ex-adversário Ciro Gomes… O dificil, neste caso, não é nem ser tão corrupto. É ter a criatividade que a oposição deveria ter para ‘inventar’ tudo isso.

E o que é pior: comprovar tudo, uma a uma.

Ou o Governo está sofrendo a maior ofensiva de calúnias que já existiu ou ‘nunca na história deste país’ um governo cometeu tantos atos de corrupção como o atual.

Nos resta crer na justiça, fazer a nossa parte na campanha, rezar pela consciência cidadã e nos divertir com as sátiras (que também não são poucas).

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Quem é o #JOVEMpraVICE @DepIndiodaCosta

Antonio Pedro de Siqueira Índio da Costa é jovem.

Formado em Direito pela Universidade Cândido Mendes e especializo em Políticas Públicas pela UFRJ, Índio é nascido em 1970 e teve seu primeiro cargo público com apenas 23 anos – foi membro, em 1993, do Conselho Municipal de Desenvolvimento da cidade do Rio de Janeiro.

No ano seguinte foi indicado pelo prefeito Cesar Maia para ser Prefeitinho do Parque do Flamengo, cargo que desempenhou até o ano seguinte quando foi nomeado Administrador Regional de Copacabana e Leme.

Após um ano no cargo candidatou-se a vereador pela cidade do Rio pelo então PFL, atual Democratas. Sagrou-se eleito por três vezes: 1996, 2000 e 2004. Na primeira vez tinha apenas 26 anos e tem em seu currículo a co-autoria da política de turismo do Rio.

Foi indicado, com 31 anos, para ocupar a Secretaria Municipal de Administração da cidade do Rio de Janeiro. Prezou pela transparência e pela desburocratização, criando um sistema inovador que reduziu custos, prazos e níveis hierarquicos.

Ocupou o cargo por 5 anos até que, em 2006, foi eleito Deputado Federal com apenas 36 anos.

Hoje, com 40 anos, é membro da Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante da Câmara Federal, da Comissão de Direito do Consumidor, e da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática.

É relator do Estatuto da Metrópole e foi relator – guerreiro – do projeto Ficha Limpa, que, vitorioso, garante moralidade à política e exige bons precentes dos que querem nos representar.

Índio da Costa é o jovem que o Democratas escolheu para nos representar ao lado de José Serra. Índio da Costa é o jovem que carregará consigo o sonho da juventude, a maturidade dos experiêntes e, principalmente, a força das novas ideias do povo brasileiro.

Força, Índio! Nós estamos contigo!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.0/10 (3 votes cast)

Quando o #DEMpraPRESIDENTE virou #JOVEMpraVICE

Da base ao cume, o Democratas gritou contra a falta de respeito do descumprimento do acordo com o PSDB. O Democratas se uniu, mostrou seu discurso firme nacional coerente em todas as suas pontas, e com isso se fortaleceu.

Mostrou ao Brasil que está pronto para remar contra a maré do populismo e da politicagem para representar, de cara limpa, o povo brasileiro.

Hoje, dia 30 de junho, é um dia histórico. É um marco. Para o Democratas, que se manteve unido e coerente com seus ideias, e para o Brasil, que acompanhou os diálogos e viu ser indicado Índio da Costa, o homem público que será o mais jovem a ocupar o cargo de Vice-Presidente do Brasil.

Estou feliz, absurdamente satisfeito e orgulho de trocar a campanha #DEMpraPRESIDENTE pelo coro, que vai ecoar pelo Brasil, quero um #JOVEMpraVICE.

Mostramos hoje que o Brasil está pronto para poder mais, sendo o país da força das novas ideias.

Parabéns, Democratas! Parabéns, Brasil!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Manifesto pessoal pelo #DEMpraPRESIDENTE

Desde sempre tive divergências ideológicas com o PSDB. Desde sempre estive com um pé recuado enquanto observava as alianças realizadas entre os Democratas e os Tucanos. Algo não ia bem.

Infelizmente, minha intuição acabou acertando e o PSDB tomou a decisão absurda de expor, antes de tudo estar fechado, sua opção por colocar os Democratas no banco de reservas.

Apostaram na submissão liberal. Acreditaram que tudo seria tranquilamente aceito, embora o Democratas tenha sua enorme bancada legislativa e seus mais de 2 minutos no tempo eleitoral de TV e Rádio.

Erraram. Erraram feio. E o Democratas, na base e no cume, se indignou, se manifestou e mostrou, a Deus, ao mundo e a quem mais quisesse ver, que tem pulso firme, dignidade e valor ideológico.

Lançamos na base o movimento #DEMpraPRESIDENTE, que abriu um enorme debate no Twitter a cerca dos nomes que poderiam nos representar na disputa presidencial e, com isto, demos lastro para que nossos líderes, e nisso cito o @DeputadoCaiado e o @DepRodrigoMaia, pudessem tomar as melhores decisões para o nosso partido.

Isso não é choro de criança birrenta. Não é a história do dono da bola, que deixou o campo por não poder jogar.

Pelo contrário! Isso é ter caráter, é dar continuidade a este caminho de renovação que deu fim a CPMF e expulsou mensaleiros. É manter a cabeça erguida e afirmar que o nosso partido não vai sucumbir em reverência ao ego tucano.

Sou pela união, pelo diálogo e pela construção de um Brasil melhor. Acredito sim que o Brasil pode mais. Mas pra isso acontecer, vamos ter de poder acreditar mais em nossos parceiros, vamos ter de poder respeitar mais os nossos acordos e, principalmente, vamos ter de poder sonhar mais com uma democracia que inclua a todos.

Caso contrário, faremos história e teremos, pela primeira vez e com muito orgulho, o #DEMpraPRESIDENTE.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Quando discordar ou concordar com @AlonFeuerwerker

Acabei de ler o primeiro texto do ano do Blog do Alon Feuerwerker (Correio Braziliense) e considerei bem interessante sua análise sobre quais serão os temas debatidos na campanha presidencial deste ano que se inicia.

Alias, concordei com a análise do cenário, não com a conclusão opinativa dada sobre o que será necessário ou não para colocar o Brasil no rumo certo.

Digo isso porque achei fantástica a previsão de que a ministra Dilma colocará como ponto máximo a eficiência pública com as propostas para a Reforma do Estado enquanto o governador Serra focará nos gastos e investimentos públicos com obras de infra-estrutura e do tripé saúde-educação-segurança.

Por outro lado, como bem afirmei, discordo quando ele traça um comparativo entre a estagnação européia e o desenvolvimento chinês e sugere umas “pinceladas chinesas no modelo brasileiro”, ou seja, a proposta de Dilma.

Reformar o Estado todos nós sabemos que é necessário mas será que é para tender ao comunismo chinês? O desenvolvimento por lá anda a galopes, é verdade. Mas é embasado pelo autoritarismo governamental, pela dominância do Estado sobre as ações do indivíduo, por um alto índice de corrupção e por um ditador que não tem medo de manipular dados para se beneficiar do mercado internacional enquanto explora seu povo, sob os pretextos da já citada neste blog “Revolução dos Bichos” de George Orwell.

Prefiro o modelo europeu de eficiência onde o crescimento é pequeno mas responsável e visível aos olhos de todos, não cria bolhas financeiras e não deixa sequelas em sua população.

É por isso que em outubro votarei no Serra para a presidência do país.

Atualização: Recebi mensagem do Alon Feuerwerker, jornalista pelo qual tenho enorme admiração e respeito, pedindo que deixasse claro aqui que quando tratou das “pinceladas chinesas” se referiu unicamente à questão econômica, não à política.

Minha leitura também foi neste sentido e peço desculpas caso não tenha ficado claro. A questão é que ainda assim considero muito delicado adotar qualquer que seja o exemplo chinês pelos mesmos motivos descritos em meu breve texto. O autoritarismo também residente em sua economia é preocupante porque dá ao Governo um poder de deliberação grande o suficiente para afetar as liberdades individuais de cada cidadão.

Isso gera, na minha visão, o autoritarismo político.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)