Quem é o #JOVEMpraVICE @DepIndiodaCosta

Antonio Pedro de Siqueira Índio da Costa é jovem.

Formado em Direito pela Universidade Cândido Mendes e especializo em Políticas Públicas pela UFRJ, Índio é nascido em 1970 e teve seu primeiro cargo público com apenas 23 anos – foi membro, em 1993, do Conselho Municipal de Desenvolvimento da cidade do Rio de Janeiro.

No ano seguinte foi indicado pelo prefeito Cesar Maia para ser Prefeitinho do Parque do Flamengo, cargo que desempenhou até o ano seguinte quando foi nomeado Administrador Regional de Copacabana e Leme.

Após um ano no cargo candidatou-se a vereador pela cidade do Rio pelo então PFL, atual Democratas. Sagrou-se eleito por três vezes: 1996, 2000 e 2004. Na primeira vez tinha apenas 26 anos e tem em seu currículo a co-autoria da política de turismo do Rio.

Foi indicado, com 31 anos, para ocupar a Secretaria Municipal de Administração da cidade do Rio de Janeiro. Prezou pela transparência e pela desburocratização, criando um sistema inovador que reduziu custos, prazos e níveis hierarquicos.

Ocupou o cargo por 5 anos até que, em 2006, foi eleito Deputado Federal com apenas 36 anos.

Hoje, com 40 anos, é membro da Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante da Câmara Federal, da Comissão de Direito do Consumidor, e da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática.

É relator do Estatuto da Metrópole e foi relator – guerreiro – do projeto Ficha Limpa, que, vitorioso, garante moralidade à política e exige bons precentes dos que querem nos representar.

Índio da Costa é o jovem que o Democratas escolheu para nos representar ao lado de José Serra. Índio da Costa é o jovem que carregará consigo o sonho da juventude, a maturidade dos experiêntes e, principalmente, a força das novas ideias do povo brasileiro.

Força, Índio! Nós estamos contigo!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 7.0/10 (3 votes cast)

Manifesto pessoal pelo #DEMpraPRESIDENTE

Desde sempre tive divergências ideológicas com o PSDB. Desde sempre estive com um pé recuado enquanto observava as alianças realizadas entre os Democratas e os Tucanos. Algo não ia bem.

Infelizmente, minha intuição acabou acertando e o PSDB tomou a decisão absurda de expor, antes de tudo estar fechado, sua opção por colocar os Democratas no banco de reservas.

Apostaram na submissão liberal. Acreditaram que tudo seria tranquilamente aceito, embora o Democratas tenha sua enorme bancada legislativa e seus mais de 2 minutos no tempo eleitoral de TV e Rádio.

Erraram. Erraram feio. E o Democratas, na base e no cume, se indignou, se manifestou e mostrou, a Deus, ao mundo e a quem mais quisesse ver, que tem pulso firme, dignidade e valor ideológico.

Lançamos na base o movimento #DEMpraPRESIDENTE, que abriu um enorme debate no Twitter a cerca dos nomes que poderiam nos representar na disputa presidencial e, com isto, demos lastro para que nossos líderes, e nisso cito o @DeputadoCaiado e o @DepRodrigoMaia, pudessem tomar as melhores decisões para o nosso partido.

Isso não é choro de criança birrenta. Não é a história do dono da bola, que deixou o campo por não poder jogar.

Pelo contrário! Isso é ter caráter, é dar continuidade a este caminho de renovação que deu fim a CPMF e expulsou mensaleiros. É manter a cabeça erguida e afirmar que o nosso partido não vai sucumbir em reverência ao ego tucano.

Sou pela união, pelo diálogo e pela construção de um Brasil melhor. Acredito sim que o Brasil pode mais. Mas pra isso acontecer, vamos ter de poder acreditar mais em nossos parceiros, vamos ter de poder respeitar mais os nossos acordos e, principalmente, vamos ter de poder sonhar mais com uma democracia que inclua a todos.

Caso contrário, faremos história e teremos, pela primeira vez e com muito orgulho, o #DEMpraPRESIDENTE.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Ciro Gomes: o Profeta do Apocalípse

O Montenegro, presidente do IBOPE, “vende até a mãe” e “instituto de pesquisa sério, fora o Datafolha, não existe”.

No cenário político brasileiro as avaliações não são muito diferentes. O Serra, pré-candidato tucano a presidência, “sabotou o Real e o FHC” além de ter uma “personalidade autoritária e tenebrosa“.

Do outro lado vem a Dilma, pré do PT, que não tem experiência em eleições: “daí acontece isso de que a cada atitude cometida equivocadamente” gera uma visita a televisão para “se explicar e voltar vários passos”.

Temer, PMDBista cotado para vice de Dilma, é o pior deles. É o chefe do “ajuntamento de assaltantes” que é a cúpula do seu partido.

E assim segue Ciro Gomes, exgovernador, ex-deputado federal, ex-candidato a presidência, ex-político levado a sério e mais novo Roberto Jefferson cearense ou, no caso de estar realmente certo, o grande profeta do apocalípse eleitoral brasileiro.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)

Formspring: muito mais do que uma modinha virtual

Iniciado em março de 2006, o antigo serviço direcionado para auxiliar criadores de sites acabou por se transformar em uma das maiores ‘modinhas virtuais’ da atualidade.

Tal transformação veio no final de novembro de 2009, quando assumiu o papel de rede social e, a partir do cadastro de pessoas de todos os mais variados tipos e de sua ligação com outras redes como o Twitter e o Facebook, virou um microblog de perguntas e respostas.

Seu público-alvo varia por todos os segmentos da sociedade. Tem os adolescentes, se aproveitando das perguntas anonimas para descobrir novos relacionamentos; os jovens e adultos, que vão desde assuntos mais picantes até dicas de leitura; os jornalistas, que aproveitam o espaço para emitir seus posicionamentos pessoais e relatar histórias de sua carreira; os políticos, se aproveitando da oportunidade para interagir ainda mais com seu eleitor; e, inovando, Governos, que utilizam a ferramenta visando informar a população sobre seus novos programas.

Os que eu mais leio, como já era de se esperar, são os três últimos e faço, dentro destes perfis, minhas indicações:

http://www.formspring.me/AlonFeuerwerker – O jornalista do Correio Braziliense relata fatos e posicionamentos, além de esclarecer o que escreve em seus artigos.

http://www.formspring.me/joaocarlosrocha – O jovem político católico conservador deixa claro seus posicionamentos fundamentados na doutrina cristã.

http://www.formspring.me/cesarmaia – Economista, ex-Prefeito, e futuro Senador pelo Rio de Janeiro. Não preciso falar mais nada, né?

http://www.formspring.me/governosp – Inovando, o estado governado pelo futuro presidente José Serra se lança também nesta rede social para se aproximar ainda mais da população.

E, por fim, é claro, o meu: http://www.formspring.me/GuedesVictor.

Façam boas perguntas e bom uso de suas respostas! Aproveitem!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Quando o Governo baixa o nível

Partido dos Trabalhadores começa a dar claras mostras de que sua ridícula situação nas pesquisas da sucessão presidencial estão afetando o humor de sua cúpula nacional.

Mesmo clamando no papel por uma campanha de alto nível, lançaram nota hoje pela manha em seu site chamando o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra, de jagunço do governador paulista José Serra – que, por sua vez, tivera seus atos considerados como pura hipocrisia.

O presidente Lula, não satisfeito, proferiu mais algumas palavras no início da tarde em reunião ministerial, como narrou Lauro Jardim por meio do Radar On-line da revista Veja.

De fronte a 40 ministros, sabendo que o conteúdo da reunião iria para a mídia, Lula reafirmou temer que a campanha fosse de “baixo nível” e chamou o senador Sérgio Guerra de babaca.

O presidente tucano, entrevistado logo após o incidente, foi direto ao afirmar que “o presidente é conhecido por não controlar seu vocabulário e pela enorme capacidade de não refletir sobre o que diz. O melhor que ele tem a fazer é respeitar a lei e parar com a campanha antecipada”, em clara referencia a representação aberta pelo Democratas, PSDB e PPS contra o presidente e sua candidata, Dilma Roussef.

O teor da representação, como apresenta o blog do líder democrata no senado, José Agripino, é pesado:

“A única conclusão a que se pode chegar é a de que, mais uma vez, o Presidente da República estava fazendo comício em prol da candidata (…) foi mais uma explícita propaganda em favor da representada Dilma Roussef, ao afirmar que a principal razão da viagem não era outra senão a de divulgar o nome daqueles que, sob sua visão de mundo, ajudaram a fazer as coisas neste país”.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)